WORK
SHOP

Workshop Reciclagente: A arte de viver em paz com você mesmo, com os outros e com a natureza

  • Carga horária: 8 horas
  • Participantes por turma: mínimo de 12 e máximo de 30 pessoas

Baseado nas tendências atuais, a sociedade humana necessitará do dobro de que nosso planeta pode prover até o meio dos anos 2030. A verdade é que, apesar de o século passado ter trazido melhorias extraordinárias em saúde humana e medicina, educação pública, e bem-estar material, o efeito colateral involuntário do nosso progresso tem sido a destruição de ecossistemas, o minar da satisfação das necessidades humanas, e um estilo de vida que não pode continuar por muito tempo mais. A consequência de se viver além dos limites do planeta é que ecossistemas estão sendo destruídos, recursos estão desaparecendo e dejetos estão acumulando no ar, na terra e na água. Os impactos resultantes – como escassez de água limpa e mudanças climáticas – estão colocando em risco o bem-estar e o desenvolvimento de todas as nações.

  •  Integrar-se com a sua essência
  •  Reencontrar o próprio equilíbrio
  •  Redefinir suas prioridades

É destinado a empresas, organizações e pessoas que desejam contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade assumindo a responsabilidade por suas escolhas, buscando no autoconhecimento uma base para melhorar suas vidas, seus relacionamentos e o ambiente em que atuam.

Metodologia:
Estruturada a partir de uma metodologia que estimula a participação, o compartilhamento de saberes e a assunção de responsabilidade, a oficina proposta tem como objetivo enfatizar o caráter multiplicador no processo de sensibilização, mobilização e conscientização ambiental da sociedade.

Objetivos

  • Ampliar a compreensão que o ser humano tem de si mesmo, da sociedade que se relaciona e do mundo em que vive;
  • Promover a percepção a respeito das potencialidades do Protagonismo Ambiental como uma práxis que contribua no processo de transformações em busca da sustentabilidade;

 

  • Estimular a reflexão entre participantes sobre a inserção da dimensão ambiental no seu cotidiano;
  • Estimular a participação dos diferentes atores comunitários na construção de soluções coletivas para as questões socioambientais;